Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida Colorida

Um sítio onde escrevo sobre as cores que pautam a minha vida

Um sítio onde escrevo sobre as cores que pautam a minha vida

Vida Colorida

28
Mai10

Cada vez entendo menos...

Vida Colorida
Cada dia entendo menos os homens... :P  Contei aos meus colegas que o meu chefe me "convidou" a ficar em casa e as reacções de ambos foram estranhas (embora diferentes)...
 
O colega que durante meses "embirrava" comigo por tudo e por nada, chegando mesmo a fazer comentários muito infelizes e incovenientes (que passei a designar aqui por "azul"), lamentou que eu pudesse sair antes do previsto. Enviou-me sms para saber mais, para entender melhor o motivo, só perguntava se na 4ªf ja seria o meu último dia, se não ias almoçar fora para eu me despedir... sinceramente e, embora não esperasse, percebi que não gostaria que eu saisse (embora devido à falta de trabalho já fosse previsível, pelo menos não esperava que eu saísse antes do final do contrato)... Disse-me que quando tivesse saudades dele, poderia sempre enviar-lhe um sms
 
O colega que durante meses me irritou por eu não ser capaz de admitir, nem sequer para mim própria, que gostava dele (que passarei a designar por "verde"), ficou calado, acho que não entendeu nada mas também não perguntou... Não entendi se já sabia (ele e o meu chefe tem muitas conversas...), se não sabia mas já esperava, que ficou indiferente, se até gostou que me fosse embora...
 
À tarde, antes de sair, e porque não saberia se voltaria a vir trabalhar (ontem tive uma entrevista e embora não tenha aceite ir para casa sem fazer nada e receber na mesma, se fosse a uma entrevista em que fosse essencial começar imediatamente, já que me deram esssa oportunidade, aceitaria...até porque está dificil arranjar emprego...), resolvi ler um dos meus post (Ai, ai...) ao "verde"...
Li-lhe um dos posts onde falo dele, de nós, das nossas discussões, do que senti no dia "retratado" no post... Ele manteve-se fiel "ao seu feitio" e ouviu... impávido e sereno como quem ouvia um posts de outro blog qualquer... (é verdade que não lhe disse que era o meu blog, nem que era sobre ele ... mas custa-me muito a crer que ele não tenha percebido, que não se tenha revisto no que ouvia... )
 
A dada altura a minha voz "tremeu"...(aquelas palavras, escritas em Novembro, aquelas lembranças... mexeram comigo mais do que eu queria, mais do que esperava) mas arranjei forças e continuei... li o post quase todo e no final disse "Foi escrito em Novembro por isso algumas destas coisas já não correspondem à verdade"...
 
Depois comecei a arrumar as minhas coisas para sair...até que ele disse "Não ouvi as últimas duas frases, podes repetir?" (Fiquei surpresa, confusa... mas voltei a ligar o pc...) "Reli-as e quando terminei ele perguntou: "Não tem mais nada? Acaba assim?" - Parecia surpreso, desiludido, confuso... não entendi, era como se esperasse algo mais, como se o post não tivesse conclusão (na opinião de uma amiga, talvez ele esperasse um conclusão do género "Pronto, eu assumo, gosto dele")...
(Enquanto relia as últimas duas frases, ele escrevia no pc... por momentos pensei... "será que ele está a pesquisar no google, por exemplo, para tentar chega até ao meu blog? Naaaaa... não deveria ser... )
 
Depois de arrumar as minhas coisas, fui falar com os meus outros colegas, voltei, peguei nas minhas coisas e quando ia a sair da sala para me ir embora ele perguntou "Já não vens mais? Vais e já não voltas? Amanhã disseste que não vinhas, mas para a semana disseste que ias gozar as folgas... então já não voltas? É isso? Vais e já não voltas?" - Fiquei confusa.. tanta perguntas que no fundo perguntavam o mesmo... parecia ansioso, nervoso... por momentos, quase parecia que não queria que eu fosse embora (eu disse quase ;))...
 
 Expliquei-lhe que dependia de arranjar ou não emprego... desejou-me boa sorte para a entrevista, desejei-lhe o mesmo, pisquei-lhe o olho e saí...
 
A minha amiga perguntou-me porque me lhe li o post, o que eu pretendia... se seria por eu achar que esta história está mal resolvida, se era para a resolver... Sinceramente não sei... talvez por tudo isso ma também porque seria provar a mim própria que seria capaz de ler o post, de relembrar tudo aquilo sem fraquejar, sem balançar... o que não aconteceu...
 
Seja como for, vou sair daqui e o que ainda não estiver totalmente resolvido, mais dia menos dia, ficará resolvido

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub